Com 2 gols de pênalti, América vence Cruzeiro de novo e vai à final do Mineiro

Com 2 gols de pênalti, América vence Cruzeiro de novo e vai à final do Mineiro
 
Após quatro anos, o América está de volta à final do Campeonato Mineiro. O time comandado pelo técnico Lisca confirmou sua vaga na tarde deste domingo ao derrotar o Cruzeiro por 3 a 1, no Independência. No jogo de ida, no Mineirão, a equipe alviverde já havia vencido por 2 a 1. Sua última participação na decisão havia sido em 2016, quando acabou conquistando o título.
 
O adversário na final será o Atlético-MG, que passou com extrema facilidade pelo Tombense e é o grande favorito ao título por todo investimento feito para a temporada. A equipe alvinegra é a atual campeã. América e Cruzeiro já se enfrentaram 375 vezes, com 105 triunfos do time americano, e 158 da equipe celeste. Outros 112 jogos terminaram empatados.
 
Precisando reverter a derrota sofrida no jogo de ida, o Cruzeiro entrou no jogo pressionado e aparentemente nervoso. Mais leve, o América criou as melhores oportunidades do primeiro tempo e saiu na frente do marcador, de pênalti, após Eduardo Bauermann ser deslocado por Bruno José dentro da área. Aos 47 minutos, Rodolfo foi para a cobrança e colocou a bola no fundo das redes.
 
O gol foi como um "balde de água fria" no Cruzeiro, que chegou a crescer dentro do jogo, mas sem ser muito dominante. No entanto, a equipe celeste ia se segurando com grandes defesas do goleiro Fábio e também por causa da trave, que salvou o time em uma cabeçada de Juninho, aos 24 minutos.
 
Sem ser criativo, o Cruzeiro apostou nos chutes de longa distância. Cáceres até assustou, mas ficou longe de chegar ao gol. O time celeste só foi mais incisivo no segundo tempo, quando viu Airton perder uma grande oportunidade logo de cara. Dentro da área, pegou mal na bola e facilitou a vida de Matheus Cavichioli.

 
O bom momento do Cruzeiro deu frutos. Aos 17, Rafael Sóbis chamou a marcação e rolou para Matheus Pereira. O lateral cruzou na medida para Matheus Barbosa deixar tudo igual. O gol, no entanto, fez o América "acordar". A equipe alviverde voltou a acertar a trave com Alê.
 
Como precisava buscar mais dois gols, o Cruzeiro precisou se abrir e acabou sendo castigado. O América teve mais um pênalti a favor, desta vez, por toque de mão de Ramon. Rodolfo bateu novamente com perfeição, superou Fábio, e fez 2 a 1.
 
Após o gol, o Cruzeiro se entregou e não esboçou reação alguma para evitar a queda na semifinal do Mineiro pelo segundo ano seguido. O América administrou a vantagem e fechou a conta aos 50, com Ramon, em um contra-ataque mortal da equipe da casa.

AMÉRICA 3 X 1 CRUZEIRO

América
Matheus Cavichioli, Diego Ferreira, Eduardo Baurmann, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho (Juninho Valoura), Alê (Eduardo) e Bruno Nazário (Ribamar); Felipe Azevedo (Ramon) e Rodolfo (Ademir)
Técnico: Cauan de Almeida

Cruzeiro
Fábio; Cáceres, Weverton, Ramon e Matheus Pereira; Adriano (Claudinho), Matheus Barbosa (Marcinho) e Rômulo (Guilherme Bissoli); Airton (Stênio), Bruno José (Felipe Augusto) e Rafael Sobis
Técnico: Felipe Conceição

Gols: Rodolfo 2x e Ramon (América) e Matheus Barbosa (Cruzeiro)
Cartões amarelos: Adriano (Cruzeiro) e Bruno Nazário, Ademir, Geovani, Diego Ferreira e Eduardo Bauermann  (América)
Motivo: jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro
Local: Independência, em Belo Horizonte
Data e horário: 9 de maio, domingo, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Junio de Souza
 
Crônica: Bem Paraná - Estadão 
09/05/21 às 18h15
Ficha Técnica: Superesportes 

tabela | campeonato mineiro
Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press
AMÉRICA-MG 3 X 1 CRUZEIRO | MELHORES MOMENTOS | SEMIFINAL MINEIRO 2021