Get Adobe Flash player

A CRISE PERMANENTE DO FUTEBOL BRASILEIRO

Colunistas: 
Marcos Antônio

A CRISE PERMANENTE DO FUTEBOL BRASILEIRO
 
 
O fato de os times considerados grandes terem em seus elencos grande quantidade de jogadores estrangeiros e técnicos comprova que nosso futebol segue em queda livre . 66 jogadores estrangeiros atuam no Brasileirão 2019 , sendo o Santos e o Internacional os times com maior quantidade. O clube gaúcho tem sete estrangeiros no elenco. O Santos também possui sete , além do técnico que é argentino.

Lembro que , à época de ouro do nosso futebol, era raridade um clube possuir um estrangeiros em seu elenco. Estou procurando aqui na memória e encontrei o Figueroa , zagueiro chileno , que atuou pelo Internacional de Porto Alegre nos anos 1970. Obviamente, existem outros mas no momento não consigo recordar .Todavia , o fato é que jogador estrangeiro era exceção e não regra. E olhe que Figueroa era e ainda é considerado por muitos como o maior zagueiro de todos os tempos.

Quem acompanhou a época de ouro do futebol brasileiro sabe que alguns times continuam sendo considerados “gigantes” apenas por tradição histórica, pois tecnicamente e , em outros aspectos , não há mais nenhum “gigante”.
 

No Rio de janeiro, Botafogo , Vasco , Fluminense enfrentam há anos crise financeira, administrativa e técnica . Os três já caíram para a Série B . O Fluminense, inclusive, já caiu para a Série C.

O Flamengo oscila tecnicamente, sendo eliminado recentemente da Copa do Brasil , no Maracanã , pelo Athletico paranaense . No jogo da volta pelas oitavas de final da Libertadores, passou pelo Emelec nos pênaltis por 4 x 2 , sendo a soma dos resultados 2 x 2 . Apesar de ter vencido o jogo da volta , o time rubro-negro praticou um futebol de má qualidade, especialmente no segundo tempo.

O Botafogo vive séria crise financeira, a ponto de ser necessário que torcedores ricos façam “vaquinha” para pagar parte de salários de jogadores considerados importantes.

Em São Paulo, Palmeiras, Corinthians já caíram para a Série B . O Palmeiras foi eliminado da Copa do Brasil e mesmo se classificando para as quartas de final da Libertadores, o Verdão segue praticando também futebol de má qualidade. O Santos sinaliza como o time que joga futebol vistoso , mais em razão de ter importado muitos jogadores e o próprio técnico. O São Paulo se recupera no Brasileirão Série A 2019 , mas é um time que ainda busca se solidificar tecnicamente.

No Rio Grande, Grêmio e Internacional já caíram para a Série B . O Inter apesar de não ter um grande time, está em ascensão técnica e pode conquistar títulos importantes na temporada, a exemplo do Santos por causa da grande quantidade de estrangeiros no elenco.

Em Minas, o Atlético já caiu para a Série B e tem apenas um time brigador , sem qualidade técnica.
O Cruzeiro vive às turras com acusação de envolvimento de membros importantes da diretoria em crimes. Amarga há varias rodadas a Zona de Rebaixamento do Campeonato brasileiro da Série A 2019, embora faça boa campanha na Taça Libertadores.

O Athletico paranaense vem se fortalecendo em todos os aspectos nos últimos anos e , poderia em breve , acenar como clube-modelo para os considerados “gigantes” e para as demais agremiações.

Apesar da conquista da Copa América no Brasil em 2019, a seleção brasileira está ainda muito longe de mostrar o bom futebol que outrora o solidificou como o melhor do mundo.
Outro acontecimento que comprova que nosso futebol continua em queda é o fato de pelo segundo ano consecutivo, nenhum jogador brasileiro fazer parte da lista dos dez melhores do mundo, ranking organizado pela Fifa. Somente o técnico da seleção, Tite, fez parte da lista dos dez melhores treinadores, em razão de ter conquistado a Copa América.

A gestão do futebol brasileiro é "nova", entretanto seu atual presidente é apadrinhado do presidente anterior, Marco Polo del Nero, que foi banido do futebol pela FIFA por corrupção e suborno.
O remendo é novo, mas o pano é velho.

Diante disso, não é possível vislumbrar "luz no fim do túnel"Marcos Rodrigues , redator do Site Eternamente Futebol. Acompanha futebol desde os anos 1970. 
 
 
Em 29 de julho de 2019
 
Atualizado em 02 de agosto de 2019