Get Adobe Flash player

Tribunal da Conmebol analisa punições para Messi e para Gabriel Jesus por ataques

Tribunal da Conmebol analisa punições para Messi e para Gabriel Jesus por ataques
 
Messi e Gabriel Jesus devem ser punidos pelo tribunal da Conmebol pelas reações às expulsões nos jogos da Copa América no final de semana. O código disciplina da confederação sul-americana prevê sanções pelas atitudes de ambos. Fontes da entidade confirmaram que há expectativa de procedimentos disciplinares no tribunal da Conmebol contra os dois jogadores que não devem escapar de penas. 
 
Após levar um vermelho no jogo contra o Chile, Messi disse que a competição estava armada para o Brasil e falou em "corrupção". Já o brasileiro, após ser expulso na final diante do Peru, deu um tapa no VAR e fez sinal de roubo. 
 
Em relação a Messi, o blog apurou que a súmula do jogo fala em trocas de ofensas entre Messi e Medel. Mas há a possibilidade de punir os jogadores por declarações após o jogo.
 
Pelo código disciplinar da Conmebol, em seu artigo 7o, é prevista sanção em dois casos em que se enquadram Messi e Jesus. 1) comportar-se de maneira ofensiva, insultante ou realizar manifestações difamatórias de qualquer índole 2) comporta-se de maneira que o futebol como esporte em geral e a Conmebol em aprticular possam ver-se desacreditados como consequência desse comportamento. No caso de Jesus, pode ser incluída ainda atitude desportiva contra oficial de jogo que dá dois jogos de punição mínima.
 
A cúpula da confederação sul-americana está irritadíssima com Messi por falar em corrupção. Internamente, é considerado improvável que o meia argentino escape sem punição por sua declaração.
 
No caso de Jesus, a própria CBF já espera uma denúncia contra o ataque depois de sua atitude em campo. Assim como Messi, seu gesto de roubo também é um ataque a Conmebol, além da agressividade na saída.
 
O tribunal da confederação sul-americana foi desmobilizado após a Copa América. Cabe agora a Conmebol decidir se abre o procedimentos disciplinares contra ambos, o que é provável. Depois, o caso será enviado ao tribunal da confederação sul-americana para julgamento. As punições possíveis vão desde multas a suspensões por um número de partidas ou por tempo. Seriam penas cumpridas nas eliminatórias da Copa. 
 
Questionada, a Conmebol não respondeu oficialmente sobre os caos de Messi e Jesus.
 
 
Fonte: Blog do Rodrigo Matos 
 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
Em 10/07/2019