Get Adobe Flash player

Brasileirão feminino: curiosidades e destaque da principal competição na modalidade

Brasileirão feminino: curiosidades e destaque da principal competição na modalidade
 
O Campeonato Brasileiro feminino de 2019 retornou neste sábado (29), após breve pausa para a disputa da Copa do Mundo Feminina e Copa América, com o jogo entre Internacional 2 x 0  Flamengo, às 15h30 (Brasília).
 
E, com os principais times disputando a competição, a modalidade tende a ganhar maior visibilidade no país.
 
A seleção brasileira caiu nas oitavas de final do Mundial após perder para a França, por 2 a 1. Porém, a campanha da equipe na Copa aumentou o interesse do público em jogo femininos. Um ponto positivo e comemorado pelas atletas que buscam reconhecimento, tanto nas categorias de base como no profissional.
 
Com o objetivo de desenvolver o futebol feminino no Brasil, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), em parceria com a Caixa Econômica Federal realizaram em 2013 a primeira edição do Brasileirão feminino. Desta forma, a Goal separou algumas curiosidades e destaque da principal competição da modalidade. Confira:
 

COMO SURGIU O BRASILEIRÃO FEMININO?

 
Criado em 2013, a primeira edição do Brasileirão contou com a participação das 20 melhores equipes do Ranking da CBF de Futebol Feminino, naquela ocasião.
Atualmente, o torneio é organizado pela CBF, e conta com um sistema de promoção e rebaixamento para a Série A2 - esta divisão, disputada por 36 equipes, implementada em 2017.
 

BRASILEIRÃO FEMININO - FORMATO

 
Até 2017, o campeonato era disputado com 20 times da Série A, mas desde então, a CBF optou por reduzir este número para 16 equipes. Um dos motivos que levaram a diminuição de participantes foi o cancelamento da Copa do Brasil de Futebol Feminino. Por sua vez, reduzir o números de clubes possibilitou a criação da Série A2, também com 16 clubes e, consequentemente, mais participantes.
 

TIMES QUE MAIS PARTICIPARAM

 
Com sete edições disputadas até o momento, somente cinco times participaram de todas as temporadas: Foz Cataratas, Iranduba, São Francisco, São José e Vitória das Tabocas. Ao contrário da modalidade masculinas, as principais equipes do país ainda não são destaques no feminino. 
 
O Flamengo ao lado do Santos são os clubes com maior participação no torneio entre os clubes que disputam a Série A masculina, com cinco temporadas cada.
 

Brasileirão Série A1 - times participantes

 
 

TIME

CIDADE - ESTADO

PARTICIPAÇÕES NA SÉRIE A1

Audax

Osasco/SP

3

Avaí/Kindermann

Caçador/SC

6

Corinthians

São Paulo/SP

4

Ferroviária

Araraquara/SP

6

Flamengo

Rio de Janeiro/RJ

5

Foz Cataratas/Athletico

Foz do Iguaçu/PR

7

Iranduba

Iranduba/AM

7

Internacional

Porto Alegre/RS

1

Minas Brasília

Brasília/DF

1

Ponte Preta

Campinas/SP

3

Santos

Santos/SP

5

São Francisco

São Francisco do Conde/BA

7

São José

São José dos Campos/SP

7

Sport/Ipojuca

Recife/PE

4

Vitória

Salvador/BA

1

Vitória das Tabocas/Santa Cruz

Vitória de Santo Antão/PE
 
 
 

ONDE ASSISTIR AO BRASILEIRÃO FEMININO?
Uma das maiores conquistas da competição ocorreu graças à transmissão em TV aberta. A emissora Bandeirantes adquiriu os direitos de transmissão junto a Confederação Brasileira de Futebol das séries A1 e A2, em 2019.

Fonte: Goal.com 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
Em 03/07/2019
antos Sereias 2017 campeão Brasileirao feminino
CONFIRA A TABELA DO BRASILEIRÃO FEMININO:https://globoesporte.globo.com/futebol/brasileiro-feminino/