Get Adobe Flash player

Ceará fica no empate sem gols com o Bahia na Arena Castelão

Ceará fica no empate sem gols com o Bahia na Arena  Castelão
 

Apesar da vitória em casa não ter vindo contra um adversário direto, o Vovô somou um ponto e aumentou para quatro a diferença para os times que estão na zona de rebaixamento
 
Mais de 20 finalizações durante 90 minutos a favor do Alvinegro. O número mostra a intensidade do Ceará na partida diante do Bahia, neste domingo, 8, no Castelão. Mas faltou efetividade para balançar as redes. No apito final, empate sem gols.
 
Apesar da vitória em casa não ter vindo contra um adversário direto, o Vovô somou um ponto e aumentou para quatro a diferença para os times que estão na zona de rebaixamento. Mas o número pode diminuir dependendo dos resultados do restante da rodada, que acontece neste domingo, 9. O clube do Porangabuçu segue na 11ª posição com dez pontos.
 
Já o empate subiu o Bahia da 6ª para a 3ª posição do campeonato. O Esquadrão de Aço chegou aos 14 pontos, mas pode ser ultrapassado por Flamengo, Santos e Botafogo, que jogam neste domingo. Os baianos estão há seis partidas sem perder.
 
A partida no Castelão entre Ceará e Bahia teve um desenho tático do começo ao fim. O Vovô teve a iniciativa do jogo, controlou a posse e as investidas ao ataque. Já o Tricolor apostou em linhas defensivas compactas e no contra-ataque rápido para surpreender a zaga cearense.
 
Os números mostram o domínio dos donos da casa, que voltaram a pecar em efetividade, palavra presente nas análises de desempenho do Ceará desde o início da temporada. Os comandados do técnico Enderson Moreira deram 22 finalizações em 90 minutos de bola rolando, contra nove dos visitantes. Na direção do gol, foram cinco do Vovô contra uma do Esquadrão.
 
Mesmo com volume maior do que o adversário, o Ceará não foi efetivo para empurrar uma bola na rede. Thiago Galhardo, mais uma vez, terminou a partida como o jogador mais incisivo do Alvinegro. No geral, o Vovô jogou bem, mas precisa trabalhar melhor as jogadas ofensivas. É um time que chega bastante ao ataque, porém abusa de bolas aéreas inofensivas.
 
Quando aposta em triangulações com trocas de passe por baixo, envolvendo a zaga adversária, o escrete do Porangabuçu chega com mais perigo.
 
Com o resultado diante do Bahia, o Ceará acabou somando um ponto em duas partidas em sequência no Castelão. Agora o Vovô vai até o Rio de Janeiro para encarar o Vasco antes da pausa da Copa América.
 
Ficha técnica:
 
Ceará
4-2-3-1
Diogo Silva; Samuel, Luiz Otávio, Valdo e Carleto; Fabinho e Ricardinho (Pedro Ken); Rick (Leandro Carvalho), Thiago Galhardo e Fernando Sobral; Bergson (Romário). Téc: Enderson Moreira.
Bahia
4-3-3
Douglas; Nino, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Elton (Ramires), Gregore e Douglas; Elber (Artur Caíke), Fernandão (Rogério) e Artur. Téc: Roger Machado.
Data: 8/6/2019
Local: Arena Castelão, em Fortaleza-CE
Horário: 19h30min
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto/SP
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho/SP e Bruno Salgado Rizo/SP
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral/SP, Márcio Henrique de Gois/SP e Evandro de Melo Lima/SP
Cartões amarelos: Ricardinho, Arthur e Gregore
 
 
Fonte: O Povo 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
Veja a tabela completa do Brasileirão Série A
Ceará e Bahia ficaram no empate no Castelão (Foto: LC Moreira/ Lancepress!)