Get Adobe Flash player

Santos monta lista de dispensa e mira R$ 1 milhão a menos por mês

Santos monta lista de dispensa e mira R$ 1 milhão a menos por mês
 
Santos montou uma lista de dispensa nos últimos dias. Além de jogadores fora da rotina do elenco profissional há algumas semanas, o Peixe liberou quatro: Arthur Gomes, Copete, Felippe Cardoso e Yuri.
 
O objetivo do Alvinegro é ter pelo menos oito atletas a menos até o fechamento da próxima janela internacional de transferências, em julho. A economia seria de pelo menos R$ 1 milhão por mês.
 
Arthur já treina pela Chapecoense, Yuri está perto de ser anunciado pelo Fluminense. Ambos saem até dezembro. O atacante terá os salários integralmente pagos pela Chape, enquanto o Peixe dividirá os vencimentos do volante com o Flu.
 
Copete também foi procurado pela Chapecoense, mas o salário alto, de quase R$ 300 mil, inviabilizou o negócio. Ele negocia o retorno ao Atlético Nacional para junho. O Alvinegro quer liberá-lo em definitivo, mas aceita um empréstimo se os colombianos arcarem com a maior parte dos ordenados.
 
Felippe Cardoso recebeu proposta do Vitória, mas não aceitou. Mesmo fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli por ora, o centroavante acredita numa chance em breve, como foi com Eduardo Sasha, antes dispensável e hoje com dois gols em dois jogos no Campeonato Brasileiro.
 
Arthur Gomes, Copete, Felippe Cardoso e Yuri foram avisados na semana passada pelo gerente de futebol Gabriel Andreata sobre a opção do Santos pela saída. Por Copete, o argumento foi financeiro, não técnico, pois Sampaoli gosta colombiano.
 
Casos mais difíceis
 
Enquanto isso, o Santos tenta resolver dois grandes problemas: Cleber Reis e Bryan Ruiz, ambos com treinamentos em separado do restante do elenco.
 
Juntos, os dois ganham cerca de R$ 600 mil por mês e não há propostas concretas neste momento. No caso de Cleber, houve interesse do Oeste para a Série B, mas o clube não aceitou arcar com mais de R$ 50 mil e a negociação por uma troca com o jovem Pedrinho não avançou.
 
O Peixe vê chance de negociar Bryan depois da Copa Ouro. O meia deve ser convocado pela seleção da Costa Rica. Houve sondagem recente da MLS.
 
A situação de Guilherme Nunes também é complexa. O volante recebe um salário alto para quem não teve sequência no elenco profissional e ainda tem aumento previsto para esse mês de maio. Esse foi o motivo da negociação encaminhada com o Atlético-GO esfriar. Clubes como América-MG, Avaí, Coritiba, Figueirense e Guarani fizeram sondagens recentes.
 
Orinho, com contrato até o fim de maio, apenas espera o término do vínculo. Ele não treina mais com os profissionais. Seus representantes dizem ter uma situação encaminhada com um clube da Série A.

 
Yuri Alberto, de 18 anos, também não tem espaço com Sampaoli, mas o Santos deve utilizá-lo na base, como contra o Corinthians pela equipe sub-20 na última sexta-feira.
 

Fonte: Gazeta Esportiva - Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
Yuri está perto de ser anunciado pelo Fluminense (Ivan Storti)
Em 05 de maio de 2019