Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Bruno Henrique faz Fla largar na frente na final do Carioca

Bruno Henrique faz Fla largar na frente na final do Carioca
 
Coube a Bruno Henrique colocar o Flamengo bem perto da conquista do Campeonato Carioca. Em tarde iluminada, o atacante honrou seu protagonismo em clássicos e estufou a rede três vezes para valer os dois gols do triunfo por 2 a 0 do Rubro-Negro. A equipe de Abel Braga soube envolver o Vasco neste domingo, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca, em um Estádio Nilton Santos com baixo público.

Com o triunfo, o Rubro-Negro tem a vantagem de se sagrar campeão até se perder por um gol de diferença no Maracanã no próximo domingo. O Cruz-Maltino precisa vencer por dois gols para forçar uma decisão por pênaltis. Já triunfos por três gols ou mais levam a conquista para São Januário. 

Início em alta voltagem
A decisão do Carioca teve um começo de tirar o fôlego. Logo a um minuto, Everton Ribeiro encontrou uma brecha na esquerda e tocou para Bruno Henrique, mas o atacante se atrapalhou. Já o Vasco reagiu quando Bruno César encontrou Yago Pikachu, mas o camisa 22 bateu por cima. 

No limite 
Aos 12 minutos, o Cruz-Maltino lidou com uma dose de tensão. Ao repor uma bola, Fernando Miguel caiu com dores na panturrilha direita e seguiu no jogo no sacrifício, inclusive recebendo bolas recuadas de um time lento ao tentar contra-ataques. Àquela altura, o Flamengo era mais envolvente, mas pecava na pontaria. Gabigol finalizou duas vezes para fora. Willian Arão concluiu rente à trave. Só aos 50 minutos, quando Everton Ribeiro encheu o pé de fora da área, o goleiro vascaíno entrou em cena, para salvar a chance. Enquanto isto, a equipe de Alberto Valentim, que tinha em Marrony sua válvula de escape mais perigosa, teve nova oportunidade com Maxi López, mas Léo Duarte antecipou-se para cortar.

Bruno Henrique entra em cena
O ritmo voltou ainda mais acelerado do intervalo. Gabigol e Rodrigo Caio cabecearam perto da trave. Danilo Barcelos alçou e a cabeçada de Marrony carimbou o travessão. Mas o Rubro-Negro é que procurava brechas até o gol. De Arrascaeta encontrou Bruno Henrique livre, mas ele parou em defesa de Fernando Miguel. Em seguida, o camisa 27 abriu caminho para a vitória. Após Danilo Barcelos afastar cruzamento de Everton Ribeiro, Bruno Henrique finalizou para a rede. 

VAR anula gol do Flamengo 
Em desvantagem, o Vasco ensaiou uma reação quando Maxi López finalizou para fora. Contudo, a equipe seguia padecendo para criar jogadas e via o Rubro-Negro manter seu domínio ofensivo. Em tentativa de Renê, Werley desviou e a bola sobrou para Bruno Henrique. O atacante chegou a comemorar, mas o árbitro anulou o gol de maneira polêmica ao rever o lance no VAR (que, curiosamente, não funcionou após os 30 do segundo tempo, pois houve uma pane elétrica na sala em que estava instalado).

Levantou poeira!
Aproveitando as brechas deixadas por um Vasco que se lançava de maneira atabalhoada ao ataque, o Rubro-Negro não demorou a ampliar o marcador. De Arrascaeta passou como quis por Raúl Cáceres e encontrou Bruno Henrique na área. O camisa 27 (que não joga a partida de volta, por ter recebido o terceiro cartão amarelo) honrou sua fama em clássicos e decretou a vitória por 2 a 0. Em jogo no qual soube envolver o Vasco, o Flamengo viu o sonho do Carioca ficar bem mais perto de ser realizado.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0x2 FLAMENGO

Data-Hora: 14-04-19 - 16h
Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodrigo de Nunes Sá (RJ) Nota L!: 5,0 - Tomou decisão polêmica ao anular o gol de Bruno Henrique. Confuso nas marcações. 
Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ)
Renda / Público: R$ 521.920,00 / 9.976 pagantes (10.854 presentes)
Cartões amarelos: Lucas Mineiro (VAS), Bruno Henrique (FLA)

Gols: Bruno Henrique, 9/2º T (0-1) e Bruno Henrique, 32 /2º T (0-2) 

VASCO: Fernando Miguel; Raúl Cáceres, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Bruno César (Lucas Santos, intervalo), Yago Pikachu e Marrony (Yan Sasse, 22, 2º T); Maxi López (Tiago Reis, 31, 2º T). Técnico: Alberto Valentim

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Willian Arão, Cuéllar, De Arrascaeta (Lincoln, 46, 2º T), Everton Ribeiro (Diego, 38, 2º T) e Bruno Henrique; Gabigol (Vitinho, 34, 2º T). Técnico: Abel Braga
 
 
Lance! Vinícius Faustini 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
Melhores momentos: https://youtu.be/MHpbivPp1fs 
Veja a tabela completa do Campeonato Carioca