Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Chape vence e se salva da queda; São Paulo fica fora da fase de grupos da Libertadores

Chape vence e se salva da queda; São Paulo fica fora da fase de grupos da Libertadores
 
A Arena Condá ficou lotada para o jogo da última rodada que valia a permanência da Chapecoense na Série A do Campeonato Brasileiro. A equipe dona da casa não decepcionou seu torcedor, venceu o São Paulo por 1 a 0, neste domingo, e escapou da degola.
 
O resultado fez o time comandado por André Jardine terminar a competição com 64 pontos ganhos, na quinta posição. Nos últimos 15 jogos pelo Nacional, a equipe do Morumbi venceu apenas três vezes.
 
Com isso, irá disputar os mata-matas preliminares da Copa Libertadores da América para buscar uma vaga na fase de grupos.
 
O São Paulo entrará em campo já em fevereiro. As datas dos jogos da segunda fase eliminatória são 5 e 7 de fevereiro (ida) e 12 e 14 (volta). Depois, os da terceira fase são, 19 e 21 (ida) e 26 e 28 (volta).
 
Chapecoense finalizou na 14ª colocação do Brasileiro com 44 pontos.
 
Desde a sua fundação, em 1973, que a equipe de Chapecó nunca foi rebaixada. O time está na Série A do Brasileiro desde 2014 e chegou a disputar duas vezes a Copa Libertadores (2017 e 2018) e duas vezes a Sul-Americana.
 

O jogo
 
A Chapecoense começou o jogo a todo vapor e logo aos quatro minutos reclamou de um pênalti não marcado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio. Wellington Paulista ficou bom a bola após cruzamento de Eduardo, foi tocado por Arboleda e caiu dentro da área. O juiz, no entanto, não se deixou levar pelas contestações dos donos da casa. Pouco depois, aos oito, Leandro Pereira recebeu na entrada da área e bateu firme, mandando à direita do goleiro Jean.
 
O São Paulo só foi assustar a Chapecoense aos 19 minutos, depois de boa trama do ataque. Helinho encontrou Everton na esquerda, que tocou de primeira para Nenê. O camisa 10 dominou e bateu cruzado, mas não pegou muito forte na bola, facilitando o trabalho do goleiro Jandrei. Já aos 24 minutos, Nenê teve outra grande oportunidade. Diego Souza ajeito a bola de cabeça na medida para ele chegar batendo, porém, novamente não finalizou certeiro, mandando a bola para a linha lateral.
 
Diante da ineficiência do São Paulo, a Chapecoense tratou de retomar o controle do jogo na reta final do primeiro tempo e por muito pouco não foi para o intervalo com a vantagem no placar. Aos 39 minutos, Canteros fez fila pela direita, com direito a drible da vaca dentro da área, mas ao cruzar rasteiro teve o passe interceptado pelo goleiro Jean. Na sequência, depois da cobrança do escanteio, Lendro Pereira escorou para Wellington Paulista, que, também de cabeça, carimbou a trave.
 
No segundo tempo, o São Paulo até começou melhor e tentou abrir o placar nos primeiros minutos, contudo, a predominância dos visitantes não durou muito tempo. Aos poucos, a Chapecoense equilibrou o jogo e, mais eficiente que os adversários, acabou indo às redes. Aos 22, Canteros, que recebeu a bola em posição irregular, fez ótimo cruzamento pela direita, encontrando Leandro Pereira no meio da área. O atacante cabeceou firme, sem chances para o goleiro Jean, e correu para o abraço.
 
Depois do gol, a Chapecoense adotou uma postura mais cautelosa, mas não teve dificuldades para controlar o nem um pouco agressivo São Paulo. Bastou aos donos da casa apenas administrarem a vantagem nos minutos finais para se garantirem por mais uma temporada na elite do futebol nacional.
 

FICHA TÉCNICA
 
CHAPECOENSE 1 X 0 SÃO PAULO
 
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 2 de dezembro de 2018, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa – GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa – GO)
Gols: Leandro Pereira, aos 22 minutos do 2ºT (Chapecoense) Cartões amarelos: Jean e Arboleda (São Paulo)
CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Canteros (Elicarlos), Amaral, Márcio Araújo e Diego Torres (Bruno Silva); Wellington Paulista e Leandro Pereira (Osman)
Técnico: Claudinei Oliveira
SÃO PAULO: Jean; Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Edimar (Shaylon); Hudson, Liziero e Nenê (Igor Gomes); Helinho, Diego Souza (Brenner) e Everton
Técnico: André Jardine
 
 
Fonte: ESPN 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
VEJA A TABELA COMPLETA DA SÉRIE A 
Confira os lances principais e gol:https://youtu.be/GfDyGNOgQ08
Chapecoense comemora o gol de Leandro Pereira (Foto: LIAMARA POLLI/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO)