Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Vasco vence a Chape e se afasta da Zona de queda

Vasco vence a Chape, quebra jejum de cinco jogos e se afasta da Zona de queda 
 
Depois de cinco jogos, o Vasco voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. O time cruz-maltino derrotou a Chapecoense por 3 a 1 em partida disputada na noite deste domingo, em São Januário. Com a vitória, o Vasco, que ainda tem dois jogos a menos, agora soma 24 pontos ganhos e ocupa a 13ª posição. A Chapecoense segue com 21 pontos e caiu para a 17ª colocação. Os gols foram marcados por Wagner, Maxi López e Thiago Galhardo para a equipe carioca, enquanto Leandro Pereira descontou para a Chape.
 
O atacante Maxi López foi o destaque da partida. O jogador argentino marcou um gol e deu assistências para os outros marcados por sua equipe. O Vasco soube controlar as ações e não perdeu a tranquilidade quando sofreu o gol do empate, já na parte final do segundo tempo. A Chapecoense tentou jogar de forma ofensiva, mas acabou sendo superada pela maior categoria dos atacantes cruz-maltinos.
 
Na próxima rodada, o Vasco vai receber o Santos, no Maracanã; A Chapecoense vai enfrentar o Santos na Arena Condá.
 
O jogo – Mesmo atuando fora de casa, a Chapecoense começou a partida com a marcação adiantada, buscando dificultar a saída de bola da equipe cruz-maltina. O Vasco tocava a bola com tranquilidade e,aos cinco minutos, criou a primeira jogada de perigo com um chute de Maxi López que encobriu o travessão defendido por Jandrei. A partida se caracterizava por muita disputa por posse de bola no meio campo e pouca criatividade das duas equipes.
 
Só aos 23 minutos é que a torcida teve chance de vibrar. Pikachu lançou Wagner na esquerda e o meia cruzou para Maxi López. O atacante argentino foi travado por Douglas na hora do chute e a bola saiu para escanteio. Três minutos depois foi a vez de Pikachu receber na intermediária e bater firme, mas Jandrei defendeu sem dificuldades.
 
A Chapecoense mantinha uma postura defensiva, mas deu um susto na torcida da equipe carioca aos 32 minutos. Yan recebeu na entrada da área e bateu forte. A bola passou perto do gol defendido por Martín Silva.
 
Nos minutos finais, o time dirigido por Valdir Bigode aumentou a pressão em busca do primeiro gol. Aos 40 minutos, após cruzamento na área, Wagner tentou acionar Pikachu, mas a cabeçada do meia vascaíno acabou nas mãos de Jandrei.
 
Aos 45 minutos, o Vasco desperdiçou a melhor oportunidade de gol do primeiro tempo. Após cruzamento de Wagner, Maxi López cabeceou forte e a bola tirou tinta da trave da Chapecoense.
 
O Vasco voltou para o segundo tempo com uma formação mais ofensiva. Valdir Bigode trocou o volante Desábato pelo atacante Vinicius Araújo. Aos quatro minutos, Lennon chutou forte e Jandrei defendeu sem problemas. O time carioca marcava a saída de bola da Chapecoense e obrigava a zaga catarinense a dar chutões para tentar acionar o ataque.
 
A pressão da equipe da casa deu resultado e, aos oito minutos, Maxi López fez excelente lançamento para Wagner que penetrou e encobriu o goleiro Jandrei, com um chute violento, anotando o primeiro gol da equipe da casa.
 
Depois de sofrer o gol, a Chapecoense mudou sua postura dentro de campo e adiantou suas linhas em busca do gol de empate. Aos 15 minutos, Bruno Pacheco cruzou e Leandro Pereira desviou e a bola passou perto da trave defendida por Martín Silva. Dois minutos depois, Yago Pikachu foi empurrado por Márcio Araújo, dentro da área, mas o árbitro nada marcou, gerando revolta dos jogadores cruz-maltinos.
 
A partida ficou aberta com as duas equipes procurando o gol. Aos 27 minutos, Vinicius recebeu de Bruno Silva e chutou forte, mas Martín Silva defendeu sem dificuldades.
 
Depois de sair na frente, o Vasco passou a atuar de forma mais cautelosa e pouco chegava ao gol de Jandrei. Aos 29, após cruzamento na área, Maxi López cabeceou e a bola encobriu o travessão. Logo depois, Wagner se lesionou e foi substituído por Bruno Cosendey.
 
A Chapecoense empatou aos 33 minutos. Canteros cobrou falta e Leandro Pereira se antecipou aos zagueiros e cabeceou para deixar tudo igual.
 
O time catarinense partiu para tentar o desempate, mas foi o Vasco que marcou o segundo gol, aos 39 minutos. Andrey desarmou um adversário e lançou Maxi López que ajeitou e bateu com a perna esquerda, sem chances para Jandrey.
 
Nos minutos finais, a Chapecoense se lançou ao ataque e acabou proporcionando ao Vasco a chance de marcar o terceiro gol aos 46 minutos. Novamente Maxi López deu passe preciso para Thiago Galhardo que entrou na área e deslocou o goleiro Jandrei para marcar o terceiro gol. A Chape ainda teve chance de marcar o segundo gol, mas Martín Silva fez boa defesa em cabeçada de Leandro Pereira.
 
FICHA TÉCNICA
 
VASCO 3 x 1 CHAPECOENSE
 
Local: estádio de São Januário (RJ)
Data: 26 de janeiro de 2018, domingo
Hora: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Igor Benevenuto de Oliveira(CBF-MG)
Assistentes: Felipe de Oliveira e Ricardo de Souza(CBF-MG)
Cartão Amarelo: Raul, Maxi López, Vinicius Araújo(Vas); Rafael Thyere, Bruno Silva(Chape)
Gols:
VASCO: Wagner, aos oito minutos e Maxi López aos 39 e Thiago Galhardo aos 46 minutos do segundo tempo
CHAPECOENSE: Leandro Pereira, aos 33 minutos do segundo tempo
VASCO: Martín Silva; Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva, e Henrique; Leandro Desábato(Vinicius Araújo), Yago Pikachu(Thiago Galhardo), Raul, Wágner(Bruno Cosendey) e Andrey; Maxi López
Técnico: Valdir Bigode
CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral(Diego Torres), Marcio Araujo, Canteros e Yann(Vinicius) ; Bruno Silva(Osman) e Leandro Pereira
Técnico: Guto Ferreira
 
 
Fonte: Gazeta Esportiva 
Com um gol e duas assistências, Maxi Lopez foi o destaque da partida (Foto: Rafael Ribeiro/CRVG)
VEJA A TABELA COMPLETA DO BRASILEIRÃO DA SÉRIE A 
Principais çlances e gols: https://youtu.be/KV4MfEa55Ug
Divulgação: Site Eternamente Futebol