Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Comissão de Arbitragem da CBF informa que gols do Ceará sobre o América-MG foram irregulares

Comissão de Arbitragem da CBF informa que gols do Ceará sobre o América-MG foram irregulares
 

A Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que os dois gols do Ceará no duelo contra o América-MG, terminado empatado em 2 a 2, foram irregulares. O embate ocorreu nesta segunda-feira, 14, na Arena Castelão, pela 5ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.  

 

Conforme o boletim da entidade, o primeiro tento do Vovô - anotado quando o placar marcava 2 a 0 para o Coelho - teve participação de Wescley, impedido após o cabeceio do atacante Élton, e portanto deveria ter sido anulado. O confronto foi comandado pelo árbitro goiano Eduardo Tomáz de Aquino Valadão com Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha como assistentes.

 

+ Técnico do Ceará lamenta empate diante do América-MG e comenta vaia da torcida 

 

"Ao analisarmos o vídeo notamos que o atacante (Wescley) chega a colar o pé para disputar e retira configurando a infração de interferência ao adversário por disputar e por ação e impacto", relata o comunicado.

 

Do mesmo modo, o pênalti sofrido por Élton aos 45 minutos do segundo tempo e convertido por Pio, dando números iguais à partida, conforme a nota, também foi irregular. A comissão destacou três pontos para explicar o porquê a marcação do penal foi errônea.

 

"Há uma disputa entre defensor e atacante, na qual o atacante joga de forma perigosa e árbitro nada marca. 2) Na sequência temos outra situação uma situação de disputa de bola entre atacante e defensor e árbitro aplica a vantagem. 3) Companheiro do atacante beneficiado pela vantagem chuta a gol, concretizando a lei da vantagem. Árbitro se equivoca na leitura de jogo e marca tiro penal. Um árbitro somente pode voltar à decisão anterior a uma vantagem aplicada quando esta não se concretiza", diz a nota.

 

Com o resultado, o Alvinegro permaneceu na 19ª colocação da Série A com 3 pontos conquistados, já o América-MG está na 10ª posição com 7 pontos ganhos.

 

4ª rodada da Série A

 

No duelo contra o Corinthians-SP, marcado pelo golaço de Wescley que abriu o marcador, a Comissão de Arbitragem da CBF entende que o meia do Ceará, Richardson, fez falta no atacante do time paulista, Pedrinho, dentro da área e o árbitro Sávio Pereira Sampaio deveria ter marcado o penal.

 
"Árbitro se equivoca ao interpretar que o jogador atacante simula uma falta, ao analisarmos o vídeo nota-se que o jogador defensor ao disputar a bola pisa na ponta do pé de seu adversário cometendo uma infração imprudente dentro de sua área penal", esclarece o comunicado.
O Povo - Netto Ribeiro 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
(Foto: Mateus Dantas / O POVO)