Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Dirigente diz que Ceará começa ano com folha salarial de R$ 1,2 milhão; para a Série A, valor deve dobrar

Dirigente diz que Ceará começa ano com folha salarial de R$ 1,2 milhão; para a Série A, valor deve dobrar
 
 
Raimundo Pinheiro não tem papas na língua. Sem meias palavras e falando de forma direta, o vice-presidente do Ceará revelou o planejamento financeiro do Ceará para o ano de 2018, em que o time disputará quatro competições: Campeonato Cearense, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série A do Campeonato Brasileiro. 

O time trabalhará com duas realidades ao longo de 2018. Uma para os primeiros do ano, em que o time foca na Cearense na Copa do Nordeste. E outra a partir do início do Brasileirão. "No Estadual, nossa folha salarial com elenco deve ser de R$ 1 milhão a R$ 1,2 milhão. De maio em diante, teremos outra expectativa. Aí, a nossa folha de pagamento de atletas em futebol a previsão é de R$ 2 milhão e R$ 2,2 milhões", revelou, em entrevista exclusiva ao programa da Rádio O POVO/CBN

O dirigente antecipou ainda que, com futebol, o orçamento do Alvinegro em 2018 prevê um gasto total de R$ 24 milhões. De forma individual, o clube informa que estipulou o teto salarial de até R$ 100 mil reais por atleta.
 

Bruno Balacó  - O Povo 
Divulgação: Site Eternamente Futebol