A IRRACIONALIDADE DO PAGAMENTO DE SALÁRIOS ASTRONÔMICOS A TÉCNICOS DE FUTEBOL

A IRRACIONALIDADE DO PAGAMENTO DE SALÁRIOS ASTRONÔMICOS A TÉCNICOS DE FUTEBOL

 

 

A irracionalidade do pagamento de salários exorbitantes a técnicos de futebol ( incluindo toda a Comissão Técnica) tem sido uma das razões para a "quebradeira" dos grandes clubes brasileiros.

Ora, a Comissão Técnica não é diretamente responsável pelo sucesso do time que dirige , já que o bom desempenho com a consequente conquista de títulos , depende basicamente da qualidade do elenco que o treinador tem a seu dispor , então por que os grandes clubes brasileiros insistem em continuar pagando salários astronômicos a técnicos de futebol , inclusive ,  totalmente fora da realidade da condição financeira desses clubes? Listo um exemplo:

 

Segundo o Blog do Guilherme Amado - Revista Época- o técnico Jorge Jesus , do Flamengo, recebe anualmente 3, 5 milhões líquidos ( afora as obrigações trabalhistas e premiações) de euros, além de um apartamento luxuosíssimo pago pelo clube na Barra da Tijuca.

 

Cada membro da Comissão Técnica recebe por ano 1,2 milhão de euros líquidos , mais um apartamento no mesmo condomínio do Jorge Jesus.

O valor do euro de hoje ( 06/01/2020) equivale a 4, 55 ( quatro reais e cinquenta e cinco centavos) . Jorge recebe  291, 6 mil euros por mês.

Lembrando que todos os grandes clubes possuem dívidas astronômicas!

 

Lembramos , ainda,  que somente em 2019 , o Cruzeiro acumulou dívida de 4 milhões de reais com técnicos de futebol. Pior é que nenhum deles conseguiu salvar a Raposa do rebaixamento. É mais um exemplo de que o sucesso do time não depende somente da Comissão Técnica.

 

     Alguns podem argumentar: - mas todos os grandes centros do futebol  mundial, incluindo os que são emergentes nesse esporte como a China , investem somas astronômicas na contratação de jogadores e comissões técnicas? Sim, é verdade, mas é coerente que  não esqueçamos de que os grandes clubes europeus e demais países que estão investindo "pesado" no futebol possuem gestores altamente profissionais que trabalham o futebol como um grande negócio.

 

Tomemos como exemplo o faturamento do Barcelona, Liverpool e Flamengo em um dos torneios importantes dos quais participaram: pela participação apenas  na Champions League 2018/ 2019 , o Barcelona recebeu 117 milhões de euros ( 532 milhões de reais) , o Liverpool recebeu 111 milhões de euros (502 milhões de reais). O Flamengo que conquistou a Libertadores 2019 recebeu  US$ 19 milhões de dólares ( 77 , 5 milhões de reais). O Barcelona finalizou  a temporada 2018/2019  faturando o equivalente a  R$ 4,15 bilhões de reais. Seus gastos e investimentos também são astronômicos , todavia o clube catalão sempre termina suas temporadas no azul e não tem dívidas acumuladas como todos os grandes times brasileiros.

 

Enquanto o Barcelona lucrou na temporada 2019 , o Flamengo teve um acréscimo em sua dívida de  R$ 80 milhões. A dívida rubro-negra já era de R$ 478 milhões. Se o flamengo e demais grandes clubes brasileiros não possuem aporte financeiro equivalente ao Barcelona e demais grandes clubes da Europa como se atreve a investir milhões de euros numa Comissão Técnica? Sem se falar que o Flamengo possui uma grande dívida e que tende a crescer conforme foi mostrado. 

 

     O mais sensato não seria ,  inicialmente , procurar equilíbrio entre receitas e despesas? 

 

 

Marcos Antonio Vasconcelos Rodrigues - Redator do Site Eternamente Futebol , acompanha futebol desde os anos 1970. Possui especialização em língua portuguesa e literatura, autor do livro "Palavras do meu sentimento."

 

 

Fortaleza - Ceará , 21 de janeiro de 2020 

 

 

Este texto também foi publicado no Recanto das Letras (  https://www.recantodasletras.com.br/artigos-de-esporte/6835862) e Mídias Sociais