Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Fortaleza reclama da estratégia de deslocamentos da Série C e cobra da CBF uma logística menos desgastante

Fortaleza reclama da estratégia de deslocamentos da Série C e cobra da CBF uma logística menos desgastante
 
Se dentro de campo tudo vai bem, com o time invicto há cinco jogos e ocupando a liderança isolada do Grupo A, fora dele o Fortaleza está enfrentando uma dor de cabeça que vem tirando o sono da diretoria: a logística de deslocamento para os jogos fora de casa na Série C do Brasileiro. Neste início de campeonato, o clube se queixa das condições oferecidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que banca os custos de viagem na competição.

Um dos pontos que vem gerando insatisfação é quanto aos gastos extras que o Tricolor vem tendo por ter que encarar viagens desgastantes e de longa duração. “Muitas vezes, temos que ficar esperando até três horas por uma conexão. Isso faz com que tenhamos que arcar com alimentação para os jogadores. E todos sabem que comida em aeroporto custa caro. É uma série de desgastes que interferem na nossa preparação física, na nossa logística. Isso não é aceitável”, pontua o vice-presidente e diretor de Futebol do Fortaleza, Marcelo Paz.

O dirigente diz que o clube já reportou sua insatisfação à confederação. “Todos os voos da CBF são operados por uma agência específica, que é a empresa Gol. O que esperamos é que a companhia aumente a oferta de voos diretos. Atualmente estamos enfrentando dificuldades até para nos deslocarmos dentro do próprio Nordeste. Essa queixa não é só nossa. É de todas as equipes”.

Para o jogo contra o CSA-AL, na segunda, 26, o Tricolor planeja pegar um voo direto da Capital a Recife e seguir de ônibus de lá até Maceió. “Estamos definindo, porque é mais rápido e tranquilo fazermos isso do que pegar um voo de Fortaleza a Brasília e de lá ir para Maceió”, afirma Paz. Uma ida somente por via aérea pela Gol até a capital alagoana prevê conexão, o que demanda um total de pelo menos seis horas de viagem.

A CBF reconhece a reivindicação das equipes e diz que ainda está estudando a melhor maneira de facilitar os deslocamentos. Uma reunião deve ser marcada em breve com os dirigentes dos times, a exemplo do que ocorreu ano passado, quando a entidade recebeu reclamações de representantes das quatro séries do Campeonato Brasileiro.
 
 
Fonte: O Povo - Bruno Balacó 
 
Divulgação: Site Eternamente Futebol 


Fatal error: Allowed memory size of 134217728 bytes exhausted (tried to allocate 30000 bytes) in /home/etername/public_html/modules/system/image.gd.inc on line 256