Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Atlético-GO perde pênalti e Furacão vence a segunda consecutiva

Atlético-GO perde pênalti e Furacão vence a segunda consecutiva
 
Atlético-GO e Atlético-PR mostraram neste sábado porque estão brigando contra a zona de rebaixamento. Em uma partida fraca tecnicamente e com pênalti perdido pelos mandantes, o Furacão venceu o Dragão por 1 a 0.
 
O resultado foi importantíssimo para o Rubro-Negro, que conseguiu seu segundo triunfo no torneio nacional e saltou cinco posições na tabela de classificação, chegando à 15ª colocação com oito pontos. Já o Atlético-GO voltou para a zona de rebaixamento e tem dois pontos a menos.
 
Na próxima rodada, as duas equipes terão confrontos complicados contra gigantes paulistas. O Atlético-GO vai a São Paulo para encarar o Palmeiras, quarta-feira, às 21h (de Brasília), no estádio Palestra Itália. Já o Atlético-PR recebe o São Paulo, no mesmo dia, às 21h45 (de Brasília), na Arena da Baixada.
 
O jogo 
 
A partida que parecia não prometer muita coisa começou à todo vapor neste sábado. Logo aos três minutos, Douglas Coutinho recebeu na entrada da área, ajeitou para a esquerda e chutou rasteiro. Felipe Garcia deu rebote, e Sidcley aproveitou o gol vazio para só completar para as redes.
 
Mesmo à frente no placar logo no início do confronto, o Furacão seguiu no ataque e voltou a assustar aos 10 minutos. Douglas Coutinho avançou pela direita e cruzou rasteiro para Nikão, que bateu de primeira, e mandou a bola com perigo à direita do gol de Felipe Garcia.
 
Após 15 bons primeiros minutos dos mandantes, o Atlético-GO equilibrou a partida com boas oportunidades de Everaldo. Primeiro, o centroavante aproveitou sobra na área e bateu cruzado, obrigando ótima defesa de Weverton, que desviou a bola antes de ela explodir no travessão.
 
Na sequência Igor invadiu a área e foi derrubado por Nicolas. O árbitro assinalou pênalti e, na cobrança, Everaldo bateu para fora, à esquerda da meta, desperdiçando a oportunidade.
 
Na etapa final, o Atlético-GO voltou do intervalo disposto à pressionar pelo empate. Com cinco minutos, Igor avançou, passou pela marcação de Douglas Coutinho e chutou de longe, mas Weverton espalmou e mandou para escanteio.
 
Aos dez, a torcida do Dragão chegou a gritar gol, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. Andrigo recebeu na esquerda, cortou para dentro e bateu firme, mandando a bola no canto direito de Weverton.
 
Por fim, já aos 35 minutos, o Furacão aproveitou o espaço para contra-atacar e, pela primeira vez, levou perigo. Nikão cruzou para a área e Matheus Rossetto bateu de primeira, mas Felipe Garcia fez uma difícil defesa, no reflexo.
 
FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0 X 1 ATLÉTICO-PR
 
Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO)
Data: 17 de junho de 2017, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo – RJ (CBF)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)
Cartões amarelos: Marcão Silva (ATLÉTICO-GO); Grafite, Bruno Guimarães, Nikão, Deivid e Thiago Heleno(ATLÉTICO-PR)
GOLS:
ATLÉTICO-PR: Sidcley, aos três minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO-GO: Felipe Garcia; André Castro, Eduardo Gabriel, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Igor (Diego Rosa), Marcão Silva, Breno Lopes (Walter), Jorginho e Andrigo (Luiz Fernando); Everaldo
Técnico: Doriva
ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Nicolas (Matheus Rosseto); Otávio, Deivid (Bruno Guimarães) e Sidcley; Nikão, Douglas Coutinho e Grafite (Pablo)
Técnico: Eduardo Baptista
 

VEJA A TABELA COMPLETA 
Fonte: Gazeta Esportiva 
Divulgação: Site Eternamente Futebol