Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Givanildo Oliveira terá que mudar time do Ceará para enfrentar Brasil de Pelotas

Givanildo Oliveira terá que mudar time do Ceará para enfrentar Brasil de Pelotas
 
A derrota por 1 a 0 para o América-MG já é página virada no Ceará. Ontem, a delegação alvinegra já desembarcou em Porto Alegre, onde treinou já visando o duelo contra o Brasil de Pelotas, no sábado, 10, pela 6ª rodada da Série B do Brasileiro. E o técnico Givanildo Oliveira começou a quebrar a cabeça para tentar montar a equipe, que necessariamente será diferente em relação ao último jogo. 

Isso porque o meia Pedro Ken, que foi expulso, está suspenso. Com isso, abre diferentes possibilidades ao treinador. Uma das opções é manter o esquema no 4-4-2, que pode ocorrer em duas variações: a primeira é atuar com três volantes e um meia. No caso, Pio surge como principal candidato a compor o meio-campo com Raul, Richardson e Felipe Menezes ou Wallace Pernambucano. Jackson Caucaia surge como outra alternativa para o mesmo sistema.

Outra alternativa tática é a entrada de Wallace para manter o time com dois volantes e dois meias. Assim, ele auxilia Menezes na armação enquanto Raul e Richardson seguem responsáveis pela contenção. Se optar por uma mudança de esquema, Givanildo pode retornar ao 4-3-3, que vinha utilizando antes do jogo contra o Coelho. 

No caso, a formação tradicional, com Roberto, Magno Alves e Élton fica inviável, já que este último sentiu uma lesão na região posterior da coxa esquerda e está fora. 

Alex Amado, Rafinha e Arthur Cabral são as alternativas para o esquema com três atacantes, que pode contar ainda com retorno de Wallace na vaga de Felipe Menezes. 

Independente das mudanças, a torcida alvinegra espera que o time tenha postura ofensiva para sair de Pelotas com pontos a somar.
 
 
 
Fonte: O Povo - André Almeida 
Divulgação: Site Eternamente Futebol