Get Adobe Flash player
Recomende este Site!

Brasil volta a fazer bom jogo e goleia o Paraguai no Itaquerão

brasil volta a fazer bom jogo e faz 3 x 0 no paraguai no itaquerão

 
Com gols de Philippe Coutinho, Neymar e Marcelo, seleção brasileira não toma conhecimento e vence a oitava partida nas Eliminatórias
 
 
o tem para ninguém. Desde que o técnico Tite assumiu o comando, a seleção brasileira não sabe o que não é ganhar. Jogando um futebol envolvente, ofensivo e de passes rápidos, o Brasil caminha a passos largos para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Ontem, diante do Paraguai, na Arena Corinthians, tudo isso mais uma vez foi visto em campo e novamente a vitória veio. 3×0, com gols de Philippe Coutinho, Neymar e Marcelo. E poderia ser mais, pelas chances criadas, enquanto a defesa pouco trabalhou. O próximo desafio agora é só em agosto, quando a seleção enfrenta o Equador.
Se sentindo em casa, com mais de 44 mil torcedores, e com corintianos e ex-corintianos em campo (Fágner, Marquinhos, Paulinho e Renato Augusto, além do técnico Tite), o Brasil foi para cima do Paraguai desde o começo. Como capitão da seleção novamente, Neymar chamou a responsabilidade e consequentemente virou alvo de pancadas. Em 23 minutos foram cinco faltas sofridas, todas cometidas por jogadores diferentes. Uma tentativa de cercar e minar o principal articulador brasileiro.

 
Mas com tantas faltas, a seleção foi ficando mais próxima de chegar com perigo. A primeira oportunidade veio aos 24, justamente na bola parada. Neymar bateu cruzado e o goleiro Antony Silva espalmou. Miranda ficou com a sobra e cruzou na medida para Firmino cabecear e Silva fazer nova defesa.
Só era pouco para quem queria se impor. Desta maneira, o Brasil precisou recorrer a outras alternativas, principalmente pelo lado direito, com Phillipe Coutinho e até Paulinho surgindo como ponta, quebrando a marcação paraguaia. Em compensação, o lado esquerdo errava muito, principalmente com Marcelo, que mais uma vez não foi bem, permitindo que o Paraguai assustasse vez ou outra.
Só que foi justamente em uma jogada trabalhada pela direita que o primeiro gol saiu. Aos 33, Philippe Coutinho arrancou em direção à área, tabelou com Paulinho e bateu no canto direito do goleiro, sem chances de defesa.
No segundo tempo, a seleção brasileira voltou ainda mais ofensiva, disposta a definir a vitória. Logo aos três minutos, Paulinho pegou a sobra na entrada da área e chutou para fora. Em seguida, Philippe Coutinho cruzou rasteiro e Neymar tentou de carrinho, acertando a rede pelo lado de fora.

 
No lance seguinte, aos cinco, Neymar recebeu, driblou Paulo da Silva, invadiu a área e foi derrubado por Rodrigo Rojas. Pênalti marcado pelo árbitro, que o próprio Neymar foi pra cobrança, mas chutou mal e o goleiro Antony Silva defendeu.
Mas o camisa 10 se redimiu depois. E com categoria. Aos 19, o atacante recebeu no campo de defesa, passou por dois marcadores e arrancou em direção à aréa, onde driblou mais um paraguaio e chutou. Ele ainda contou com a sorte de bola desviar em outro zagueiro, enganar o goleiro e morrer no fundo das redes.
Depois disso, o Brasil se soltou em campo. E o Paraguai soltou o sarrafo, cometendo falta atrás de falta. Neymar chegou a balançar as redes mais uma vez, mas o gol foi anulado por impedimento. Porém, a seleção não se intimidou e continuou atacando, buscando o terceiro gol, que saiu no final.
Aos 40, Marcelo recebeu pela esquerda de Roberto Firmino e tocou na saída do goleiro, garantindo mais uma vitória com um futebol empolgante do Brasil.

FICHA TÉCNICA
ELIMINATÓRIAS
2º Turno – 14ª Rodada
BRASIL 3X0 PARAGUAI
Brasil
Alisson; Fagner, Marquinhos (Thiago Silva, intervalo), Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho (Willian, 43 do 2º) e Neymar; Roberto Firmino (Diego Souza, 43 do 2º).
Técnico: Tite
Paraguai
Antony Silva; Bruno Valdez, Paulo da Silva, Verón e Junior Alonso; Riveros, Rodrigo Rojas, Hernán Pérez, Almirón (Óscar Romero, intervalo) e Dominguez (Angél Romero, 31 do 2º); Derlis González (Santander, 10 do 2º)
Técnico: Francisco Arce
Local: Arena Corinthians (São Paulo-SP)
Árbitro: Victor Carrillo (FIFA-PER)
Assistentes: Jonny Bossio (FIFA-PER) e Coty Carrera (FIFA-PER)
Gols: Philippe Coutinho, 33 do 1º; Neymar, 19, e Marcelo, 40 do 2º
Cartões amarelos: Bruno Valdez, Rodrigo Rojas (PAR)
Público pagante: 44.378
Renda: R$ 12.323.925,00
 
Fonte: Tribuna - Por Ricardo Brejinski
Divulgação: Site Eternamente Futebol 
Foto:globo esporte 
 
 
 
VEJA A TABELA COMPLETA 

 

Fatal error: Allowed memory size of 134217728 bytes exhausted (tried to allocate 30000 bytes) in /home/etername/public_html/modules/system/image.gd.inc on line 256