Luxemburgo se declara ao Vasco, mas deve ser demitido

Luxemburgo se declara ao Vasco, mas deve ser demitido
 
O empate contra o Corinthians fez com que o Vasco necessite de um milagre para escapar da Série B do Campeonato Brasileiro. Diante disso, o técnico Vanderlei Luxemburgo acha que o time carioca já precisa pensar no futuro, se colocando à disposição para continuar para ajudar na reconstrução do clube na temporada.
 
Queria falar com o torcedor do Vasco da Gama, que tem muito respeito por mim. Lamento muito por não ter conseguindo, com esse grupo, manter o Vasco na Série A. Peço ao torcedor que entenda que eu fiz o máximo, o maior respeito pela agremiação, pelo torcedor do Vasco da Gama. Não tenho nenhum problema, não vai mexer em nada na minha história profissional de eu aceitar de estar no Vasco neste ano participando dessa reconstrução", afirmou.
     
Os números jogam contra a equipe nesta reta final. Para sair do Z-4, o Vasco precisaria vencer o Goiás em casa e torcer por uma derrota do Fortaleza diante do Fluminense. Além desses dois resultados, o clube carioca precisa descontar um déficit de 12 gols de saldo em relação ao rival cearense. Por isso, o clima já é de tristeza entre os vascaínos.
 
"Estou disposto a ajudar porque o Vasco é muito grande, e o Vasco precisa se reencontrar com sua história, que é muito bonita. Essa história de hoje vinha passando perto há muito tempo, mas quero participar dessa reconstrução desse clube maravilhoso que é o Vasco da Gama. O clube tem que estar entre as cinco maiores equipes. Me desculpe, torcedor. Me doei ao máximo. Da minha parte, eu peço desculpa, mas foi o geral", acrescentou Luxemburgo.
   
Apesar de ter se colocado à disposição do Vasco para disputar a Série B, dificilmente o treinador Vanderlei Luxemburgo segue na próxima temporada, conforme apurou o jornalista Fabio Torres. A nova diretoria deve começar a busca por um novo técnico em breve.
 
 
Fonte: BOLAVIP - Pedro Zanuzzi 
Foto: Divulgação