Série C tem disputa equilibrada por acesso nos quadrangulares; veja análise dos times

Série C tem disputa equilibrada por acesso nos quadrangulares; veja análise dos times
 
A Série C do Campeonato Brasileiro começa neste sábado os dois quadrangulares que definem acesso de quatro times à Segunda Divisão. No embalo dos jogos, o podcast Embolada tem edição especial analisando as oito equipes para o momento mais importante da temporada.
 Os quadrangulares serão disputados em ida e volta e são chamados de grupos C e D. No C, estão Santa Cruz, Ituano, Vila Nova e Brusque. No D, estão Londrina, Remo, Ypiranga-RS e Paysandu.

Times do grupo C

 

 

Santa Cruz (Cabral Neto)

 

 

"O Santa saiu momentaneamente do Campeonato (com sequência sem vitórias). Preocupação tem que existir, principalmente na comissão técnica e jogadores. Não dá pra achar que não é nada demais. Mas nesse grupo (quadrangular), pra mim, é muito claro que, jogando em seu mais alto nível, o Santa Cruz é um dos favoritos a subir de divisão. Tem elenco para isso."
+ Veja mais notícias do Santa Cruz
 

Ituano (Douglas Brito)

 

"Ituano joga no estádio Novelli Júnior, que tem um campo impecável, gramado muito bom para times que gostam de jogar cadenciando a bola, trabalhando o passe, e esse é exatamente o estilo do time do técnico Vinícius Bergantin. Destaque para o treinador um dos mais longevos no cargo do Brasil, há três anos e meio no comando do Ituano."

+ Veja mais notícias do Ituano

Vila Nova (Guilherme Gonçalves)

 

"Aposta na força da defesa para conquistar o acesso. O grande destaque da equipe é a dupla de zaga formada por Rafael Nonato e Adalberto. Durante boa parte da competição, o Vila teve a defesa menos vazada. Perdeu essa condição para o Remo, mas os números ainda são muito bons. Apenas 11 gols sofridos em 18 partidas."

+ Veja mais notícias do Vila Nova

Brusque (Rodrigo Faraco)

 

"O Brusque chega à segunda fase da Série C vivendo sua primeira crise desde a ascensão do clube no ano passado. Uma crise de confiança, pela falta de resultados. São sete jogos sem vencer e quase que a classificação não aconteceu. O time sobreviveu a essa primeira fase, essa é verdade. A impressão que dá nesse momento é que ele passa a ser um franco-atirador."

+ Veja mais notícias do Brusque

Times do grupo D

 

 

Remo e Paysandu (Carlos Ferreira)

 

"Remo tem a defesa menos vazada do campeonato, com 10 gols nas 18 rodadas. Paysandu é o menos vazado da segunda virada da fase classificatória. Em nove jogos tomou apenas três gols. E se puxarmos nas últimas sete rodadas, foi um gol. Isso explica muito do sucesso das duas equipes na chegada da fase decisiva."

"O Remo reforçou o sistema ofensivo com a chegada do Paulo Bonamigo, melhorou o repertório. Achou um certo equilíbrio. Paysandu é uma equipe que está buscando esse equilíbrio mas também está muito próxima do ideal."

+ Veja mais notícias do Remo
+ Veja mais notícias do Paysandu

Londrina e Ypiranga-RS (Rodrigo Saviani)

 

"Londrina tinha como grande destaque o Adenilson, meio campista, artilheiro da equipe com quatro gols, mas caiu um pouco de rendimento nos últimos jogos. Um jogador que vem crescendo e pode ser determinante é Celsinho."

"O Ypiranga-RS também teve uma campanha equilibrada. O grande nome é Neto Pessoa, vice-artilheiro do campeonato, já marcou dez gols, e vem sendo decisivo. Ter um homem-gol na fase final pode ser determinante."

+ Veja mais notícias do Londrina
+ Veja mais notícias do Ypiranga

 

Por Redação do ge — Recife
Foto:Quadrangulares Série C — Foto: Arte/ge
11/12/2020 08h 
SITE ETERNAMENTE FUTEBOL: HÁ DEZ ANOS NO AR 
TABELA:BRASILEIRÃO SÉRIE C