Ceará renova contrato do volante William Oliveira até fevereiro de 2021

Ceará renova contrato do volante William Oliveira até fevereiro de 2021
 

William tem 17 jogos em 2020 com a camisa do Vovô e ganhou importância no time titular com o treinador Guto Ferreira
 
O Ceará renovou o contrato do volante William Oliveira nesta segunda-feira, 16. O vínculo do atleta com o clube foi estendido de 10 de dezembro de 2020 para o 28 de fevereiro de 2021. O jogador está em período de transição na recuperação da lesão sofrida no joelho, em setembro, e já treina com bola no campo.
 
William tem 17 jogos em 2020 com a camisa do Vovô e ganhou importância no time titular com o treinador Guto Ferreira. Pelo Vovô, o volante foi campeão da Copa do Nordeste e atuou as duas partidas da final contra o Bahia. A última vez que entrou em campo foi contra o Red Bull Bragantino, na Série A, em setembro.
 
O volante de 28 anos chegou ao Ceará em 2019 após se destacar pelo Sampaio Corrêa, na Série B. Na temporada passada, William fez 19 jogos e marcou um gol pelo Vovô.
 
O jogador agradeceu a confiança ao clube e o apoio da torcida e disse acredita na força do grupo e no trabalho de Guto Ferreira na sequência da temporada. "Tenho certeza que podemos evoluir ainda mais até o fim do Brasileirão. Nosso grupo é bem treinado, bastante unido e dedicado, por isso, tem tudo para dar certo. Espero ajudar o Ceará a fechar com chave de ouro esta temporada", comentou o volante via assessoria de imprensa.
 
William ainda não está 100% fisicamente, mas está próximo de retornar após mais de dois meses sem atuar. "Mal posso esperar para voltar a jogar. Estamos trabalhando forte para isso. Quando me machuquei, fiquei bastante chateado por não poder ajudar os meus companheiros, mas agora o momento de voltar está bem próximo. Quero agradecer a todos do departamento médico do clube que me apoiaram e me deram todas as condições para que eu me recuperasse bem."
 
Fonte: O Povo - Lucas Mota 
18h32 | 16/11/2020
William Oliveira participava de rodízio entre volantes na Série A antes de se machucar (Foto: Israel Simonton/ Ceará SC)
Site Eternamente Futebol: Há dez anos no ar