Na relação Fortaleza-Ceni , é difícil saber quem foi mais beneficiado

Na relação Fortaleza-Ceni é difícil saber quem foi mais beneficiado.
 
Quem sugeriu a vinda de Ceni ao Fortaleza foi o ex-goleiro Bosco, que à época , trabalhava como preparador de goleiros do FEC. De pronto , o presidente Paz aceitou a sugestão e viajou a São Paulo para conversar pessoalmente com Rogério Ceni. O ex-goleiro são-paulino pediu a Paz um ano de garantia para trabalhar e, assim, foi feito.
 
Ao ser anunciado como novo técnico , a torcida ficou dividida , mas a diretoria resolveu insistir na aposta em Ceni e aos poucos o trabalho de Ceni foi fluindo. O novo técnico teve ampla liberdade para trabalhar propor , inclusive , mudanças em setores e departamentos.
 
É preciso não esquecer de que sem o apoio irrestrito da Diretoria , Ceni não teria conseguido êxito. A garantia de permanência de um ano que lhe foi dada independente dos resultados que obtivesse em campo foi crucial para o sucesso de Rogério Ceni , tempo que não teve no São Paulo quando em março de 2017 iniciou no próprio clube que defendeu por mais de duas décadas , a carreira de técnico. No comando do Tricolor do Morumbi Ceni passou pouco mais de seis meses. Foi demitido pelo então presidente Leco , após a derrota de 2 x 0 para o flamengo.
 
Ceni saiu com 49,5% de aproveitamento, sendo 37 jogos, 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas. Comandando o São Paulo Rogério Ceni colecionou histórico de insucesso: no Campeonato Paulista, foi eliminado pelo Corinthians nas semifinais. Na Copa do Brasil, foi eliminado pelo Cruzeiro. Na Copa Sul-Americana, para o modestíssimo Defensa y Justicia da Argentina.
 
A chegada de Ceni ao FEC em janeiro de 2018 , deu início à sua ressurreição como técnico de futebol. Rogério Ceni conquistou quatro títulos comandando o Tricolor do Pici.Foi bicampeão cearense , campeão da Copa do Nordeste 2018 , campeão brasileiro da Série B 2018 , Nos três anos de FEC , Rogério Ceni foi ainda 9º colocado na Série A de 2019, classificando o Fortaleza pela primeira vez para uma competição internacional — a Copa Sul-Americana. Na atual edição do Brasileirão, o Fortaleza vem de duas derrotas seguidas, uma em casa para o Fluminense e outra na última rodada , de virada, para o Athletico paranaense, o que deixou o time na décima primeira colocação e com sinais de queda de rendimento.
 
Todavia, o Fortaleza chegou a ocupar 7ª colocação, à frente de grandes como Palmeiras, Corinthians, Grêmio, Vasco e Botafogo.
 
Se CENI dará CERTO NO FLAMENGO É UMA GRANDE INCÓGNITA! Há fatores positivos e negativos. O fato de ter um elenco de alto nível ao seu dispor é um aspecto altamente favorável. Resta saber se Ceni vai saber trabalhar peças do elenco sem despertar " ciumeiras" em outras pecas que serão menos utilizadas por ele.
 
No FEC , isto ocorreu com frequência. Além do mais o contexto de convivência entre o grupo de atletas do Flamengo é bem diferente do Fortaleza. No Grupo do FEC , não havia jogadores com potencial de geral conflitos entre técnico e elenco. Nem mesmo Boeck , considerado um dos ídolos da equipe, teve essa força , ou seja, no FEC o elenco deveria se curvar a Ceni , quem não o fizesse , poderia até ser dispensado.
 
No Flamengo não será assim , já que ele vai lidar com jogadores vaidosos que por receberem altíssimos salários alguns passam a se sentir como estrelas. Outro fator que pode pesar é a necessidade que Ceni terá de mostrar resultados imediatos.
 
No Fla , ele não terá o tempo para testar , errar à vontade como fazia no Fortaleza sem prejuízo de continuidade de trabalho. O fato de Ceni ter abandonado o Fortaleza pela segunda vez , após ter declarado em rede de TV nacional há cinco semanas de que rejeitaria qualquer proposta até o mês de fevereiro de 2021 , época da finalização da Série A 2020 não me surpreende.
 
O brasileiro, no geral, com poucas exceções, não cumpre suas promessas nem tampouco a fidelidade faz parte da nossa cultura. Da minha parte , entendo que a saída de Ceni foi favorável, há muitos bons técnicos disponíveis no mercado .
 
A pareceria Fortaleza-Ceni um dia teria que acabar. Nada é eterno. Que Ceni seja feliz.
 
Marcos Rodrigues - Redator do Site Eternamente Futebol, acompanha futebol desde os anos 1970 , graduado em Letras.
Em 10 de novembro de 2020