Guarani demite técnico Thiago Carpini após quinta derrota em seis jogos

Guarani demite técnico Thiago Carpini após quinta derrota em seis jogos
 

29/08/20 ÀS 16h10 ATUALIZADO ÀS 16h16Estadão Conteúdo

 

Chegou ao fim a passagem de Thiago Carpini no Guarani. No início da tarde deste sábado, o presidente Ricardo Miguel Moisés anunciou a saída do treinador de 34 anos após a quinta derrota em seis jogos no Campeonato Brasileiro da Série B.
 
"O Conselho de Administração se reuniu hoje com o Michel Alves (gerente de futebol) e o treinador Carpini e, de comum acordo, optamos por encerrar esse ciclo, que começou em agosto do ano passado", anunciou o mandatário do Guarani.
 
Thiago Carpini era auxiliar-técnico fixo do clube antes de assumir interinamente o comando após a saída de Roberto Fonseca durante a Série B do Brasileiro. Ao conseguir livrar o Guarani do rebaixamento, ele foi efetivado para a temporada 2020.
 
Neste ano, foi vice-campeão do Troféu do Interior - perdeu a final para o Red Bull Bragantino -, mas teve um péssimo início de Série B, com três pontos em seis jogos. A gota d'água foi a derrota de virada para o Náutico, por 2 a 1, na última sexta-feira, em casa, no Brinco de Ouro da Princesa.
 
Ao todo, sob o comando de Thiago Carpini, o Guarani disputou 42 partidas, com 15 vitórias, nove empates e 18 derrotas. O time campineiro soma apenas três pontos na Série B e corre o risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento.
 
A diretoria espera anunciar o novo treinador ainda neste final de semana e o nome mais forte é o de Ricardo Catalá, que comandou o Mirassol no último Paulistão e foi eleito o melhor treinador do campeonato ao lado de Vanderlei Luxemburgo, campeão com o Palmeiras.
 
O Guarani volta a campo já na segunda-feira, às 20 horas, quando abre a sétima rodada da Série B contra o Oeste, no Brinco de Ouro da Princesa.
 
Fonte: Bem Paraná 
Foto: Letícia Martins / Guarani FC 
SITE ETERNAMENTE FUTEBOL - NO AR DESDE NOVEMBRO DE 2010