Colunas - Eternamente Futebol

AGUARDEMOS , POIS!

No início do Brasileirão 2020 quase puseram a faixa de campeão de forma antecipada nos jogadores do Flamengo.

 

Quando a bola começou a rolar surgiram outros times como concorrentes: Atlético-MG e Internacional. Palmeiras , São Paulo, Santos , Grêmio cresceram no meio do primeiro turno e se tornaram também favoritos . Talvez a Série A nunca tenha tido tantos candidatos reais ao título . Até o modesto Fluminense passou a ter direito de sonhar com a Taça.

 

Na relação Fortaleza-Ceni , é difícil saber quem foi mais beneficiado

Quem sugeriu a vinda de Ceni ao Fortaleza foi o ex-goleiro Bosco, que à época , trabalhava como preparador de goleiros do FEC. De pronto , o presidente Paz aceitou a sugestão e viajou a São Paulo para conversar pessoalmente com Rogério Ceni. O ex-goleiro são-paulino pediu a Paz um ano de garantia para trabalhar e, assim, foi feito.
 
Ao ser anunciado como novo técnico , a torcida ficou dividida , mas a diretoria resolveu insistir na aposta em Ceni e aos poucos o trabalho de Ceni foi fluindo. O novo técnico teve ampla liberdade para trabalhar propor , inclusive , mudanças em setores e departamentos.
 

O texto profético de Nelson Rodrigues que coroou Pelé três meses antes da Copa de 58

Pelé se eternizou além dos lances. Também se colocou acima dos números. Não se resume apenas à fama. É a aura que torna Pelé tão grandioso ao futebol. Porque, afinal, o camisa 10 lendário deixou de ser um simples humano há décadas – ainda que o humano, completando 80 anos  , continue reverenciado. O craque é, na verdade, uma entidade – e por isso , às vezes , a gente perde de vista o que foi , ou diminua o homem falível.
 
Não há sinônimo maior de futebol do que Pelé. E, por isso mesmo, o que carrega consigo acaba sendo muito mais sublime. É literatura, prosa de uma conquista ou poesia de um lance. É pintura, pincelada em seus gols. É música, resumida pela voz empolgada dos narradores que tiveram a honra de transmitir suas façanhas. Arte no estado mais puro e, ao mesmo tempo, mitológico. Pois o que importa, toque de exagero em uma realidade já superlativa, é o encantamento que todo mundo aguarda como clímax diante da bola.

Parabéns ao profissionalismo do técnico Cuca , do Santos Futebol Clube

Erroneamente , alguns técnicos brasileiros valorizam algumas competições e dão menos importância a outras, Não é o caso do técnico do Santos. Mesmo vindo de um jogo difícil na cidade de Manta , no Equador , pela Libertadores contra o Delfín , o técnico santista desconsiderou o cansaço do elenco e não poupou jogadores no confronto contra o Tricolor do Pici. Cuca não acredita que o desgaste tenha interferido no desempenho do time no segundo tempo, quando sofreu o gol que definiu o placar final de 1 x 1.

Como funciona a formação de técnicos na Argentina e no Brasil

Não é raro de se acompanhar a recorrente discussão sobre técnicos brasileiros: são ultrapassados? O tema esfria e esquenta dependendo das circunstâncias do futebol nacional. Trazendo números para o debate, o Centro Internacional de Estudos Esportivos (CIES), divulgou uma análise em junho com as nacionalidades dos treinadores espalhados pelo mundo. A Argentina lidera com folga, enquanto o Brasil guarda posição num modesto nono lugar. 

O Atual Futebol Moderno é Antigo

O futebol praticado pela lendária seleção húngara (O Time de Ouro , Os Mágicos Magiares ) da década de 1950 e pelas lendárias seleções brasileiras de 58, 70 e 82 , além do futebol total (Carrossel holandês) praticado pela seleção holandesa de 1974 estabeleceram os fundamentos que aliados aos avanços da "ciência esportiva" sustentam o que hoje chamamos de futebol moderno. A rigor, somente essas seleções conseguiram produzir algo de realmente inovador para o futebol.

O sucesso do técnico tem relação direta com a qualidade do elenco que ele comanda , com raras exceções

Discordo em parte da ideia de que técnicos estrangeiros deixarão legado tático para o futebol brasileiro

 

Nosso futebol é pentacampeão do mundo com técnicos brasileiros. Nosso futebol conquistou dez títulos mundiais de clubes com técnicos brasileiros. A meu ver, o legado que os técnicos estrangeiros podem deixar é a exigência no sentido de cobrar mais profissionalismo dos jogadores. Eles não toleram "barca", contrariamente à maioria dos treinadores brasileiros. Também são mais dedicados e estudiosos, nestes aspectos , sim, eles podem deixar exemplo , mas no aspecto tático e técnico não considero que vão deixar contribuição.

 

História e função social do rádio

Apesar do advento da televisão e da internet, o rádio não perdeu sua pose e continua sendo um dos veículos de comunicação de maior impacto e repercussão, embora as rádios atuais, com exceções, tenham perdido muito a qualidade em suas programações. Três fatores principais contribuem para que o rádio continue forte:"seu caráter imediatista, a facilidade de produção e transmissão".

Páginas